• Assessoria HBSJ

Diretoria do HBSJ solicita apoio do Legislativo

Foto: Câmara Municipal de Vereadores de Sananduva


Na manhã desta sexta-feira (22) o presidente do Hospital Beneficente São João (HBSJ), Roberto Luís Testa, juntamente com o 2° secretário Renato Basso, Tesoureiro, Sérgio Pinheiro e o Diretor Administrativo, Tiago Antonietti, estiveram reunidos com os vereadores do Legislativo sananduvense. Na oportunidade a diretoria e administração do hospital apresentaram os projetos que estão em andamento, incluindo o da construção da Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O objetivo da reunião, solicitada por meio de ofício, foi sensibilizar a Câmara por meio dos vereadores para a mobilização junto aos Deputados, para a captação de emendas parlamentares para a manutenção e continuidade de tais projetos.

O HBSJ, mesmo diante da difícil situação enfrentada na saúde brasileira, mais especificamente pelos hospitais credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS), tem mantido um serviço qualificado com profissionais de alta competência e com uma estrutura capaz de atender a comunidade local e regional.

Na ocasião a diretoria enfatizou o repasse mensal que é recebido pela Administração Municipal de Sananduva, bem como doações realizadas pelos clubes de serviço, empresas e demais entidades e por ações solidárias da comunidade e de ações individuais dos cidadãos.

Atualmente o HBSJ possui vários projetos em andamento e por meio de Emendas Parlamentares obtidas em 2018, algumas ações já foram realizadas e outras estão em período de execução. No mês de março foi finalizada a revitalização da fachada externa do prédio, também já está em funcionamento o novo Sistema de Informatização, que interligou todas as áreas do hospital, facilitando o serviço dos setores médico, administrativo e operacional.

Em fevereiro teve início a obra do grande projeto que se almeja há muitos anos, que é a construção e implantação de uma UTI. A obra foi autorizado pela Secretaria Estadual de Saúde, através da Vigilância Sanitária tem previsão de conclusão da primeira fase (obra bruta) em outubro de 2020.

A área total a ser construída é de 500 m², prevendo a disponibilização de 10 leitos para atender os 19 municípios que compõe a região da Associação dos Municípios do Nordeste Riograndense (Amunor), com população estimada de 130 mil habitantes.

A segunda fase do projeto compreende a colocação das esquadrias, revestimentos, instalações elétricas e hidráulicas. O valor previsto para as duas primeiras fases é de cerca de R$ 1.100.000,00 dos quais já se tem disponíveis cerca de 80% do montante, provenientes das Emenda Parlamentares de Custeio obtidas em 2018/2019 e que serão direcionados para as obras de construção.

De acordo com o diretor Administrativo do HBSJ, Tiago Antonietti, o apoio financeiro que se busca neste momento é para a conclusão das demais etapas que são a manutenção para os primeiros seis meses de funcionamento, período de avaliação pelo SUS para posterior credenciamento.

O Diretor informou ainda que já há a sinalização de Emendas Parlamentares no valor de R$ 500 mil, o que garante equipar ao menos três leitos. Para outros três, o Hospital possui equipamentos seminovos, adquiridos em anos anteriores. Assim, restariam apenas quatro leitos para fechar os 10 leitos previstos no projeto.

A diretoria e Administração do HBSJ agradecem a receptividade da Câmara Municipal de Vereadores de Sananduva.

25 visualizações